Economia

Governo pede à Petrobras que adie reajustes da gasolina e do diesel

Empresa quer aumentar o preço dos combustíveis para amenizar a defasagem entre o mercado interno e o mercado internacional

Publicada em 15/06/2022 às 10:15h

por Foz ao Vivo


Compartilhe
Compartilhar a notícia Governo pede à Petrobras que adie reajustes da gasolina e do diesel  Compartilhar a notícia Governo pede à Petrobras que adie reajustes da gasolina e do diesel  Compartilhar a notícia Governo pede à Petrobras que adie reajustes da gasolina e do diesel

Link da Notícia:

Governo pede à Petrobras que adie reajustes da gasolina e do diesel
 (Foto: Divulgação)

Emissários do governo se reuniram na noite da segunda-feira (13) com a diretoria da Petrobras para tentar impedir o aumento de combustíveis que a estatal planeja anunciar ainda nesta semana. A ideia é reajustar o preço da gasolina em 9% e o do diesel em 11% como forma de amenizar a defasagem de valores entre o mercado interno e o mercado internacional.

O governo teme que o aumento anule os esforços para aprovação de projeto no Congresso que limita o teto do ICMS em 17% para uma série de itens, entre eles os combustíveis. Por isso, o governo quer que a Petrobras aguarde mais tempo para elevar os preços para não atrapalhar a votação.

A diretoria da estatal teria recebido bem a proposta, sem, no entanto, dar certeza ao governo de que vai manter os preços congelados. É possível, inclusive, que o percentual do aumento seja reduzido.

A pressão do governo sobre a diretoria da Petrobras não chega a ser ilegal. Mas o artigo 117 da Lei das S.A. diz que o acionista controlador poderá responder por abuso de poder quando adotar políticas ou decisões que causem prejuízo à empresa – o que acontecerá se a Petrobras deixar de reajustar seus preços a pedido do governo. A lei afirma também que o controlador deve preservar o poder de competição da companhia, em razão das condições de mercado.

Procurada, a Petrobras não confirmou as informações. A empresa está em plena transição de comando, aguardando a documentação dos nomes indicados pelo governo para compor o novo conselho de administração.

Fonte: R7




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (45) 99946-0698

Copyright (c) 2022 - Foz Ao Vivo
Converse conosco pelo Whatsapp!