Política

Partido Liberal vai elaborar requerimento de CPI da Petrobras

Publicada em 21/06/2022 às 10:19h

por Foz ao Vivo


Compartilhe
Compartilhar a notícia Partido Liberal vai elaborar requerimento de CPI da Petrobras  Compartilhar a notícia Partido Liberal vai elaborar requerimento de CPI da Petrobras  Compartilhar a notícia Partido Liberal vai elaborar requerimento de CPI da Petrobras

Link da Notícia:

Partido Liberal vai elaborar requerimento de CPI da Petrobras
 (Foto: REPRODUÇÃO / YOUTUBE)

O PL, partido do presidente Jair Bolsonaro, ficará responsável por elaborar o requerimento de instalação da CPI da Petrobras. O pedido será assinado pelo líder da legenda, deputado Altineu Côrtes (RJ). O anúncio foi feito pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), após reunião com líderes nesta segunda-feira (20). Na última semana, o chefe do Executivo cobrou a criação pela Câmara de um colegiado para investigar a Petrobras. 

Segundo Lira, cada bancada partidária da Casa vai discutir com os seus deputados se são a favor ou contra a CPI. Ele não se opôs à instalação da comissão, desde que todos os requisitos sejam atendidos. "Pedido de CPI é lícito e normal. Com relação a isso, nós temos só o regimento para cumprir. Se tiver com todos os embasamentos, assinaturas necessárias e fato determinado, teria a instalação", afirmou.

Lira destacou que a Câmara espera mais participação do governo federal na tomada de decisões contra a Petrobras. Na avaliação dele, alguns assuntos podem ser resolvidos de forma mais rápida caso o Executivo apresente medidas provisórias, que são normas com força de lei editadas pelo presidente da República em situações de relevância e urgência.

De acordo com o deputado, a Câmara vai sugerir ao governo que aumente a taxação do lucro da empresa e que altere a lei das estatais para modificar a política de preços praticada pela Petrobras. A forma usada pela Petrobras é a PPI (política de paridade internacional). A medida faz com que os preços da gasolina, do etanol e do óleo diesel acompanhem a variação do valor do barril de petróleo no mercado internacional, bem como a do dólar.

“Há um sentimento quase unânime, se não quiser dizer unânime, por parte de todos os líderes, de que o Ministério da Economia e o governo federal têm que se envolver diretamente nessas discussões, participar mais de perto e atuar mais de perto”, comentou Lira.

“Iremos discutir, propondo que venha por medida provisória, alterações no sistema de formatação, de aumento de impostos nas questões dos lucros. Para isso, precisaremos de uma discussão mais pormenorizada, com relação aos aspectos jurídicos e técnicos. Se só envolve a Petrobras e o setor de combustíveis ou se envolve outros setores”, acrescentou.

Críticas à Petrobras

 

Desde a semana passada, Lira tem feito duras críticas à Petrobras, sobretudo pelo anúncio de um novo reajuste para os preços da gasolina e do diesel. O deputado queixou-se de que a empresa não tem sensibilidade pela população e prometeu uma reação do Congresso Nacional contra a política de preços da petroleira.

Fonte: R7




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (45) 99946-0698

Copyright (c) 2022 - Foz Ao Vivo
Converse conosco pelo Whatsapp!